quarta-feira, junho 02, 2010

Vamos mudar de apartamento

Enfim vamos mudar da lata de sardinha! Quando casamos Franz decidiu que deveríamos mudar de apartamento, fizemos as contas. construir não dava. Por que embora tenhamos uma pequena reserva, para iniciar só poderíamos construir 45m² para morarmos no verão.
E eu preciso de casa o ano inteiro. E aí eu forcei a barra e decidimos que o jeito seria tentar um outro apartamento onde moramos. E pressionei para ele ir pedir o próximo apartamento vago. O apartamento por sorte é o abaixo do nosso atual. com 10m² a mais. Não,não se animem nem tenham inveja. Por que ele só tem 52m². Vagou em janeiro após a vizinha de baixo que já era velhinha e estava doente, morrer. O que me deixou triste. Pois a última vez que a vi estava esqualida, fragilizada, tinha câncer de pulmão. A ambulância veio buscá-la e a filha única que vinha sempre limpar a casa de manhã e a deixava a tarde e a noite sozinha em casa não a acompanhou até a ambulância. Mas eu quero acreditar que ela foi lá visitá-la no dia seguinte. Mas devia ter alguma razão para tal frieza. LEmbro-me que o Natal e Ano Novo ela passou sozinha. Eu fiqei meio triste de esta ter sido a nossa única opção.Enfim a vida continua. E infelizmente ainda não temos condição de pensar em comprar um imóvel e o meu docinho marido só quer um se for casa para ele poder pegar sol... Ai ai ai...

Mas o apartamento está sendo todo reformado. E já nos avisaram que nos será entregue em 1 de julho. Em um mês!
Meu sofrimento já começou desde o dia que começaram a quebrar, graças a Deus é embaixo do nosso e eu já tinha começado a trabalhar lá em abril. Ouvi pouco do quebra quebra. Espero estar trabalhando quando entregarmos este aqui e começarem a quebrar pois vai ser inverno e ele s começam as sete e meia da manhã!

Agora eu que reformei e escolhi o material da casa dos meus pais, que tem outra casa em uma obra de igreja -por falta de dinheiro- no Brasil, mas que foi desenhada por mim e eu vivo indo lá discutir com o meu pai. To aqui conversando com uns pedreiros que quando não falam uma lingua diferente do dialeto austríaco, ou do alemão, falam dialeto da outra língua qualquer. E eu descobri exatamente o sentido da torre de babel. Maridão tem idéias maravilhosas que começaram a me torturar. Suas idéias de decoração causam Twist carpados no túmulo do casal Bardi, Pina Bo Bardi e Pietro Maria Bardi, além da arquitetura interna dos apartamentos austríacos serem a mais estranha. Os banheiros só possuem ralo na banheira. Tentei explicar ao pedreiro o que era um ralo e ele disse:O banheiro é muito pequeno não precisa!
O quê???? Bem eu descobri que pedreiro é sindicalizado no mundo inteiro. Você explica algo 10 vezes e eles fazem o que querem ou dizem que você não precisa!
Mas o melhor é que vamos poder comprar móveis na loja favorita da população austríaca. Ikea, para quem não conhece é uma espécie de Tokstok, imensa mais barata e mais divertida! Eu moraria lá. To batalhando um emprego lá também todo dia mando um curriculum. Na verdade depois que eu conseguir a vaga mudarei de mala e cuia.
É isso estou em fase de mudança! Mudança de tudo! Por que o governo austríaco anda aprontando com a gente... Mas a gente vai vivendo. Pobres, mas nos divertimos!

Um comentário:

Lu disse...

Oi Gi
Tudo bem? Quanto tempo né... que bom que vc está de mudança para outro apto, toda mudança é legal apesar do trabalho e do stress que causa. Mas depois de jogar as caixas fora, dá uma sensação de vida nova.
Vc ainda tem meu telefone? Me liga essa semana para marcarmos um cafezinho.
Espero tua ligação.
Bjs
Lu