domingo, abril 13, 2008

Peteca Blackpower.

Eu tenho um penteado bem peculiar que minha mãe chama de peteca. Cabelo amarrado no alto da cabeça. Como sou negra o cabelo, claro não é liso, então ele fica assim parecendo uma peteca. Só que agora ele cresceu e cresceu e cresceu. Não corto por que morando na Austria os dias de frio preciso de cobertura na cabeça e as orelhas cobertas. De peteca não vai ter touca que vai conter todo o poder do Black Power.

Primeiro dia de sol, peguei o cabelinho molhei hidratei ativei os cachos e mandei ver: amarrei no alto da cabeça. E voilá... pronto para a rua.

Surpresas, entre os austríacos desinformados muitas crianças debochara do meu poder. Outros se surpreenderam. Velhinas de laque passaram por mim balbuciando "Das ist schöne" outros torceram o nariz pela minha coragem.

É isso aí, é Primavera na voz de Tim Maia, e eu não preciso mais de tocas.
Quem precisa?

Segue o testo publicado na revista Raça na edição 86, em maio de 2006.

"Quem já passa dos 40 anos sabe que, nos anos 70, quanto maior era o black power mais seria respeitado pela turma. O primeiro famoso a assumir o pixaim foi Toni Tornado, depois Tim Maia. Ambos haviam morado nos Estados Unidos por um tempo. A atriz Zezé Mota conta que, em visita àquele país, na época, deparou com os negros usando cabelo natural, voltou para o hotel e enfiou correndo a cabeça debaixo do chuveiro e sentiu como se fosse uma libertação. A onda pegou tanto no Brasil que virou símbolo de modernidade não só para negros. Jô Soares, Marcos Paulo, Roberto e Erasmo Carlos (cantores), todos usavam. Até que, em meados de 1974, Paulo César, jogador do Flamengo e da Seleção Brasileira, inovou, colorindo o black de caju. Ganhou até o apelido de Paulo César Caju. O black dos anos 70 tinha o corte bem definido. Era cortado com precisão. A moda atual é deixar o cabelo crescer sem corte, sem definição. Alguns homens, por exemplo, texturizam os fios para os cachos ficarem mais soltos. Nesse caso, os cabeleireiros indicam gel como manutenção para maior fixação. Já para os que possuem cachos naturais, o ideal é usar leaven-in para evitar o ressecamento dos fios"

Use e abuse do Black Power

2 comentários:

Luiza disse...

Adoro sua "petequinha".. que eu costumo chamar de "couve-flor".. hehehehe.. LINDA! :-)

otc.design disse...

eu também estou no maior black power. aliás, black is beatifull! abrçs!